“O Nordeste voltará ao seu merecido lugar de destaque

Lula parabenizou o governador Wellington Dias (PT) pelos avanços que tem levado ao Piauí
Por Alexandra Teodoro
Foto: AssessoriaLula no Piauí
Lula no Piauí

A viagem que Lula e lideranças do Partido dos Trabalhadores realizam pelo Nordeste prosseguiu nesta terça-feira (17), no Piauí, após dois dias de agenda em Pernambuco. O ex-presidente lembrou que o principal objetivo da visita é debater o caminho para que a região retome o ciclo de crescimento e desenvolvimento social iniciados nos governos nacionais do PT e interrompidos após o golpe que tirou Dilma Rousseff da Presidência.

“Infelizmente, o golpe de 2016 interrompeu um ciclo virtuoso. Investimentos foram suspensos, obras importantes acabaram paralisadas, e o Piauí e o Nordeste voltaram a ser tratados pelo atual desgoverno como se fizessem parte de uma espécie de segunda divisão do Brasil, quando seu lugar é na elite econômica deste país. O Nordeste quer voltar a ocupar o merecido lugar de destaque no cenário nacional, e podem ter certeza que voltará. É por isso que os brasileiros hoje querem Bolsonaro bem longe da cadeira de presidente”, disse.

Lula lembrou que, no seu governo e no de Dilma, foram realizadas inúmeras obras no Piauí, como a pavimentação de rodovias federais que estavam abandonadas, a construção de mais de duas dezenas de usinas eólicas, barragens e projetos de irrigação, o início da Transnordestina e a chegada da energia elétrica em muitas casas por meio do Luz Para Todos. Foi também no estado, mais precisamente no município de Guaribas, que a política de combate à fome foi lançada, em 2003

“Investimos mais de R$ 4 bilhões em moradias no Minha Casa Minha Vida, fizemos quatro câmpus universitários e 17 escolas técnicas, levando ensino de qualidade para o interior do estado”, lembrou o ex-presidente, ressaltando que o estado, hoje governado por Wellington Dias (PT), viu seu índice de desenvolvimento humano (IDH) subir. “O estado mudou sua imagem, para melhor, no Brasil e no exterior. Passou a ser o estado da educação, das medalhas em olimpíadas de matemática”, celebrou.

Vive no Piauí? Veja aqui o que os governos Lula fizeram por sua cidade

O desmonte que Jair Bolsonaro promove hoje da educação é um dos temas que mais afligem Lula e o PT. Por isso, o primeiro compromisso marcado no Piauí foi a inauguração de uma escola de tempo integral no bairro de Pedra Mole, em Teresina. A agenda contará ainda com encontros com lideranças políticas, empresariais e de movimentos sociais, além da visita ao Centro Integrado de Reabilitação, que oferece atendimentos de média e alta complexidade a pessoas com deficiência no Piauí. Tudo isso ocorre até a quarta-feira (18) à tarde, quando Lula viajará ao Maranhão.

Agenda de Lula no Nordeste

15 e 16/8 – Pernambuco
17 e 18/8 – Piauí
18 a 20/8 – Maranhão
20/8 – Ceará
24/8 – Rio Grande do Norte
25 e 26/8 – Bahia

Lula visitou escola em bairro de Teresina e ouviu relatos de jovens que mudaram de vida graças às políticas de inclusão social iniciadas em seu governo e continuadas no estado por Wellington Dias.

“A educação emancipa o povo. A educação é a maior arma que o Estado pode ter contra a violência, contra a fome e contra as desigualdades sociais.” A fala é de Natanael Alves Dias, jovem negro que era criança quando o Programa Bolsa Família chegou à sua cidade natal, Guaribas, no interior do Piauí. O Bolsa Família ajudou Natanael e sua família a vencer a fome. Depois vieram outras conquistas. “Eu fui beneficiado pelo Bolsa Família, depois entrei na escola integral do governo do estado e entrei na universidade pelo Enem e com bolsa do ProUni. Então, sou filho da revolução social que o governo do PT representa”, contou.

Natanael é um dos jovens que falaram na cerimônia que marcou importantes conquistas na educação do Piauí, segundo estado a ser visitado por Lula e lideranças do Partido dos Trabalhadores em viagem pelo Nordeste. O evento (assista à íntegra no fim da matéria) foi realizado na inauguração da reforma do Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) de Pedra Mole, bairro da periferia de Teresina, onde estudantes recebem educação em período integral. Além disso, o estado se tornou o primeiro do país a levar ensino superior a todos os municípios, por meio da Universidade Aberta do Piauí (Uapi), de ensino a distância.

Lula parabenizou o governador Wellington Dias (PT) pelos avanços que tem levado ao Piauí na área social e educacional, quando assumiu o primeiro mandato de governador. “Este estado, que há 40 anos era sinônimo de pobreza, de desemprego, de evasão escolar, de desnutrição e de mortalidade infantil, é hoje um dos que mais crescem economicamente e que tem uma das melhores qualidades de ensino, da creche à universidade”, lembrou o ex-presidente.

As gestões de Wellington Dias, que está no seu quarto mandato de governador (foi eleito em 2002 e reeleito em 2006, retornando depois em 2015), conseguiram amenizar o impacto do desgoverno Bolsonaro no estado. Em 2020, no Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb), o Piauí foi o estado com segunda pontuação mais alta, e Teresina ficou em primeiro no ranking das capitais. Além disso, o Piauí apresentou nos últimos anos um dos maiores crescimentos de PIB do país.

Wellington Dias não escondeu que as realizações de seu governo se inspiram no presidente Lula. “O senhor nos traz esperança e também nos inspira quando diz que todas as pessoas devem poder tomar café, almoçar e jantar todo dia; quando nos ensina que a educação é a porta segura para a erradicação da pobreza; quando nos chama para o compromisso de que é preciso colocar os mais pobres no orçamento público; quando nos chama para fazer um Brasil, um Piauí, uma Guaribas para todos”, discursou o governador.

Saiba mais sobre: