Franzé Silva questiona secretário de Fazenda sobre reajustes dos servidores

Rafael Fonteles iniciou sua explicação falando sobre-o Conselho de Governança Fiscal do Piauí
Por Alexandra Teodoro

O deputado estadual Franzé Silva (PT) questionou o secretário Estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, sobre como vão ficar os reajustes de pessoal e salários das categorias para o ano de 2022 e para os demais anos, represesados por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal. O questionamento aconteceu durante apresentação do balanço fiscal do 1º quadrimestre dentro do Grande Expediente da sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (2).

Foto: AssessoriaQuestionamentos na Alepi
Questionamentos na Alepi

“Estamos vendo que as contas do Estado estão em dias, e manter esse equilíbrio fiscal juntamente com os novos investimentos em todas as áreas requer muito empenho do Estado. Mas precisamos entender como estão sendo trabalhado e discutidos as demandas reprimidas das categorias de trabalhadores, tanto em relação ao pessoal como financeiro, para os próximos anos sem desequilibrar as contas do Estado”, questionou Franzé Silva.

Rafael Fonteles iniciou sua explicação falando sobre-o Conselho de Governança Fiscal do Piauí, criado a partir de Emenda Constitucional e promulgada pela Assembleia Legislativa do Piauí. A instância vai reunir os órgãos responsáveis pela execução do orçamento público estadual para que elas possam discutir e alinhar informações que garantam uma boa gestão fiscal.

“A partir da primeira reunião do Conselho de Governança Fiscal, que deve acontecer no mês de junho, nós vamos sentar com todos os poderes e também iniciar as conversas com as categorias para tratar sobre as melhorias nos investimentos, sempre com transparência, mostrando como estão os recursos e até onde o Estado pode ir”, explicou Rafael Fonteles.

Saiba mais sobre: