Culto marca mais uma etapa dos eventos que antecedem posse de Regina Sousa

A celebração é parte das atividades que antecedem transmissão do cargo e posse da primeira gover
Por alexandra teodoro
Foto: assessoriaCulto
Culto

O governador Wellington Dias e a vice-governadora Regina Sousa, que assumirá o Governo do Estado do Piauí de forma definitiva (pelos próximos nove meses), participaram de um culto na Igreja Batista Bereana, no bairro Mocambinho em Teresina. A celebração faz parte das atividades que antecedem a transmissão do cargo e posse da primeira governadora do Piauí que será realizada nesta quinta-feira (31).

Na oportunidade, o governador agradeceu a Deus e a todos os grupos evangélicos de diferentes denominações que sempre estiveram orando pelo Estado, pelo povo do Piauí e pelo seu mandato. “Eu acredito em Deus, que ele é o maior, e no poder da oração. Deus esteve sempre presente, houve momentos em que passamos por dificuldades, às vezes era uma situação específica de um município, outras em todo o Estado, como nesse momento de pandemia. Teve o momento, lá atrás, de dificuldades com os salários atrasados, falta de dinheiro para poder dar conta de soluções para a saúde, educação, para segurança, construção de estradas e de repente portas foram se abrindo. Então, eu vim aqui hoje, de coração aberto, agradecer a Deus, que como foi dito aqui é o maior, agradecer também a cada pessoa que ao longo desse período participou fazendo orações, estando junto comigo. Eu não poderia deixar de fazer isso agora que estou finalizando o meu mandato” disse o governador.

Wellington Dias ainda completou: “peço a Deus que continue abençoando o Piauí, abençoando a minha querida Regina Sousa, a primeira mulher governadora, com uma história, de um coração com muito compromisso com o Piauí, e que as pessoas continuem orando também por ela e pelo povo do Piauí”.

Já a vice-governadora Regina Sousa disse que este é um momento importante com a população evangélica que tem grande importância na sociedade e que pode ajudar a contribuir com a paz e no combate ao ódio. “É um momento de agradecimento por tudo que nos conduziu até aqui. E de pedir bênçãos para os próximos anos. Que Deus guie os meus passos nesses nove meses e me permita saúde, para que eu possa cuidar da vida dos outros. Que ele possa me permitir que eu faça pelo menos uma coisa, que seja pelas pessoa que mais precisam”, disse reafirmando a sua atuação pelo social.

Saiba mais sobre: