Teresina teve redução de 18% nos óbitos por Covid na última semana

Está em queda também de 0,5% os casos de síndrome gripal e o R0 persistente abaixo de 1
Por Alexandra Teodoro

Conforme dados do Comitê de Ações Emergenciais (COE) da FMS Teresina teve redução de 18% nos óbitos por síndrome respiratória grave (Covid), na 29ª Semana Epidemiológica, de 18 a 24/07. Nas últimas 24 horas, Teresina não registrou nenhum óbito por Covid-19, conforme dados do CIEVS (Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde).

Foto: Assessoria
Foto: AssessoriaVacina
Vacina
Vacina

Na última semana, os índices apontam queda de 0,6% dos casos confirmados de Covid-19 e de 0,4% nas solicitações do exame RT-PCR para confirmação da Covid-19. Estão em estabilidade os casos de síndromes gripais e os casos de positividade por meio do exame RT-PCR (que detecta a Covid).

Está em queda também de 0,5% os casos de síndrome gripal e o R0 persistente abaixo de 1 (índice de transmissibilidade) o que significa que também está em queda o potencial de contaminação de Covid-19 em Teresina.

O médico infectologista do Comitê de Operações Emergencias (COE) da FMS, Walfrido Salmito, explica que a situação melhorou consideravelmente.

“Teve redução na quantidade de casos e no número de óbitos que foi de aproximadamente 18%. São índices que nos dão esperança de mais redução com o passar do tempo e o avançar da vacinação”, diz.

O infectologista alerta que a Covid-19 é uma doença até de certo ponto imprevisível e por isso as regras para evitar a contaminação pelo vírus devem ser mantidas mesmo para quem está vacinado. O distanciamento social, uso de máscara facial e higiene das mãos precisa ser mantido pela população, diz Salmito.

Saiba mais sobre: