Teresina completa 169 anos. São quase 900 mil habitantes

Em 2019, o salário médio mensal na capital era de 2.7 salários mínimos.
Por alexandra teodoro
Foto: assessoria/ PMTCidade vista de cima
Cidade vista de cima

Para quem não conhece a cidade, capital do Piauí, Teresina e a única capital da Região Nordeste que não se localiza no litoral, distando 343 km do Oceano Atlântico. É quente, é calorosa. Tem uma vocação para o turismo de negócios e a noite na cidade reserva boas surpresas.

É bem verdade que esse cenário, antes da declaração da pandemia da covid 19 era bem mais comum vermos eventos relacionados ao meio empresarial e ainda a efervescência da noite teresinense, com bares e restaurantes, casa de shows funcionando a todo vapor. E mesmo num retorno programado para ser mais lento, diante da pandemia, na prática, está tudo funcionando. E não há problema algum em estar tudo funcionando, desde que a população colaborasse com distanciamento e cuidados necessários à prevenção da Covid-19.

A cidade poderia estar bem mais preparada para a sua vocação. Mas, apesar de alguns avanços, está ainda muito aquém das condições ideais para a grande maioria. Basta uma rápida pesquisa ao site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE para ter acesso aos dados do último censo e constatar um comparativo da situação em relação a outras cidades do país.

Foto: Edenilton TerçoCartão postal
Cartão postal

Aos 169 anos, completados neste 16 de agosto, a cidade passou a ser o 8º maior entre os municípios da região Nordeste e o 7º. maior dentre as capitais da região. O dado faz parte do PIB dos Municípios 2018, divulgado pelo IBGE, que que traz informações sobre as principais atividades econômicas (Agropecuária, Indústria, Serviços e Administração Pública) em todos os municípios do país. Isso, antes da pandemia, quando registrou um Produto Interno Bruto (PIB) da ordem de 20,9 bilhões, um crescimento nominal de cerca de 9,64% em relação ao PIB de 2017, que atingiu R$ 19,1 bilhões. Nessa época ocupava a 20ª.colocação entre as capitais brasileiras. 

Foto: Edenilton TerçoCartão postal
Cartão postal

De acordo com o Supervisor de Disseminação de Informações do IBGE no Piauí, Eyder Mendes, os dados do PIB de cada ano são divulgados 2 anos depois. No final deste 2021 será divulgada a informação referente a 2019. E o PIB de 2021 será divulgado apenas em 2023.

A estimativa mais recente da população de Teresina para o ano de 2020, com 868.075 habitantes. Eyder Mendes ressalta que a estimativa da população para 2021 vai ser divulgada no final deste mês e agosto. No censo de 2010, eram 814.230 pessoas.

Em 2019, o salário médio mensal era de 2.7 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 35.1%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 1 de 224 e 1 de 224, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 301 de 5570 e 291 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 38.6% da população nessas condições, o que o colocava na posição 224 de 224 dentre as cidades do estado e na posição 2930 de 5570 dentre as cidades do Brasil.

Apresenta 61.6% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 72.3% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 5.8% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 5 de 224, 119 de 224 e 8 de 224, respectivamente. Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 1763 de 5570, 2973 de 5570 e 3329 de 5570, respectivamente.

Saiba mais sobre: