Medidas restritivas serão prorrogadas no Piauí até o dia 2 de maio

Bares e restaurantes poderão funcionar aos sábados até às 15h e fecharem às segundas
Por Alexandra Teodoro

O governador Wellington Dias se reuniu, neste sábado (24), com o Comitê de Operações Emergenciais Ampliado (COE) para analisar a situação atual sobre o avanço do novo coronavírus no Piauí e definir as próximas medidas a serem adotadas pelo Governo do Estado. Após o encontro, foi decidido que as medidas atuais, válidas até este domingo (25), serão prorrogadas até o próximo domingo (2), com a mudança de bares e restaurantes poderem funcionar aos sábados até às 15h e fecharem às segundas-feiras.

O COE apresentou a avaliação epidemiológica – que consiste na análise da transmissibilidade da Covid-19, número de óbitos e ocupação de leitos clínicos e de UTI, bem como a compra de vacinas e andamento da vacinação no estado – para, a partir desses dados, embasar as novas medidas.

“Tudo que trabalhamos foi fazendo um esforço para reduzir o avanço do novo coronavírus e, ao mesmo tempo, ampliar a vacinação, para baixar a transmissibilidade. Podemos ver que as medidas vêm dando resultado. Assim, em razão dos resultados de estabilização que tivemos com as medidas mais restritas na Páscoa, mantemos as medidas até o próximo domingo, fazendo algumas alterações como bares e restaurantes poderem funcionar no sábado e fecharem na segunda-feira, na perspectiva e esperança que se mantenha essa queda na transmissibilidade, nos óbitos e na fila de leitos”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

Wellington Dias destaca ainda que ainda é preciso manter os cuidados necessários. “O objetivo é que a gente possa, esta semana, darmos mais um passo, mas com os cuidados necessários para evitar uma terceira onda e assim, garantir que todos possam cumprir os protocolos”, completou.

As medidas atuais são do Decreto n.º 19.582, de 18 de abril de 2021, vigente desde a última segunda-feira (19) até este domingo (25), o qual determina que o comércio funciona de segunda a sexta-feira até às 17h, shoppings centers das 12h às 22h, bares e restaurantes até 22h; no sábado e domingo apenas serviços essenciais; templos religiosos com 25% da capacidade e com no máximo duas horas de duração, escolas, academias e atividades em praias, balneários, cachoeiras e parques não funcionarão presencialmente; e toque de recolher às 23h.

Saiba mais sobre: