Os rumos que a nova safra da Música Piauiense não pode tomar.

Um dos fatores chaves para essa nova safra da produção autoral independente, está na legitimidade e
Por Arloon Cunha
Foto: Arquivo
Foto: ArquivoArloon Cunha, Artista, Musicista, Diretor Musical e Acadêmico de Pedagogia.
Arloon Cunha, Artista, Musicista, Diretor Musical e Acadêmico de Pedagogia.
Um dos fatores chaves para essa nova safra da produção autoral independente, está na legitimidade e autenticidade! Esse é o grande norte pra tudo. Tudo aquilo que é construído sem essa base tem uma tendência a ruir, como aconteceu, no ano de 2020 que muitos Artistas copiaram o Gustavo Lima que foi a grande referência para o mundo do entretenimento. O que não entenderam é que não copiaram apenas o Artista e a música, mas sem querer ou perceber copiaram a Realidade dele! E de forma desastrosa muitos artistas se perderam no meio do caminho por não terem mais condições de seguir suas carreiras. Deu muito errado! De acordo com o Zen Budismo Tibetano no qual o Artista, Músico e Diretor Musical Arloon Cunha é adepto, É sempre um risco planejar algo pra Si baseado no Outro!

Quando vejo artistas copias na Música, entendo mais como a difículdade natural e humana de entrarmos dentro de Si e pensar por Si próprio, condição natural para os novos tempos, com a Sociedade em Embulição em plena pandemia, afinal ninguém estava preparado para viver isso. Vivemos um momento onde muitos Artistas copiam outros artistas pra se dar bem, no final das contas, esse é um erro grotesco para todas as carreiras, Como Sideman a primeira coisa que eu dizia e digo para os artistas que eu dirijo ou dirijia, " Presta bem atenção nos caminhos que você toma, pode lhe levar ao sucesso ou ao fracasso, quem decide é você, então é importante pensar bem, definir metas e objetivos "  .


Pessoalmente gosto dos rumos da nova safra da produção que as artes gráficas no Piauí tem tomado, cada um com sua métrica de pintura, cada um com seu estilo e performance gráfica, cada um com sua assinatura! Isso é fantástico! No Mundo zen budista dizemos muito que todo ser humano é único e Perfeito como é, cada um no seu tempo, cada um com suas conquistas individuais, resultados de todas as suas experiências vívidas. Se fala muito nesse lance de competição, acredito que isso só existe na mente de alguns, consequências da nossa sociedade e sistema educacional que em tese nos preparou para competir um com outro, e não em um ambiente harmônico as diferenças. Na pandemia essas crenças começam a ficar evidentes indicando a queda das velhas estruturas sociais, e que de fato impactam a Arte produzida como um todo. Afinal dificilmente encontramos pessoas que conseguem ter o discernimento entre o que é Real e o que a gente cria na nossa mente! Quando o Ser Humano consegue esse discernimento entre o meu achar e a realidade como ela é de fato, somos capazes de fazer grandes coisas.


Arthur Maia um gênio brasileiro do baixo que eu tive a oportunidade de conhecer, sempre dizia " É importante viver os grande mestres mas nunca a sombra deles " 


Entendo que o caminho e o processo de maturidade artística é individual, mas refinando cada individual e convidando a entrar dentro de Si mesmo nessa descoberta do Eu Artístico, teremos um coletivo mais sólido para as gerações futuras da Arte Piauiense, nessa construção de novas estruturas e bases solidas para o Futuro! Esse momento é único para as produções autorais Piauíenses, não desperdicemos a troco de nada. Muito importante para a reflexão de cada artista a respeito do que queremos para o futuro como artistas do todo Piauíense! A beleza da arte Piauíense está no seu caráter individual como essência, não se trata de autoral, alternativo ou entretenimento, se trata de o que a indústria da música faz com isso. Que o autoral Piauiense não corra o risco de repetir os mesmos velhos padrões que a indústria do entretenimento fez. Sendo assim não teremos nada de novo, é apenas o início de um novo mundo trajado de velho mundo, os mesmos padrões mas de forma invertida.

Garanto que essa leitura de forma aprofundada fará toda a diferença na construção de qualquer carreira, seja ela de sucesso ou não!