Hipótese de vírus ter escapado de um laboratório em Wuhan é “plausível"

Biden afirmou que os serviços dos EUA se concentraram em dois cenários:
Por istoe dinheiro
Foto: istoe dinheiroBiden se concentraram em dois cenários: se o coronavírus veio do contato humano com um animal infetado ou se resultou de um acidente laboratorial
Biden se concentraram em dois cenários: se o coronavírus veio do contato humano com um animal infetado ou se resultou de um acidente laboratorial

Um relatório sobre as origens da Covid-19 conduzido por um laboratório do Governo norte-americano concluiu que a hipótese de o vírus ter escapado de um laboratório em Wuhan, na China, é plausível e merece uma investigação mais aprofundada, segundo informaram fontes próximas do documento secreto citadas pelo jornal The Wall Street Journal.

O estudo foi preparado em maio de 2020 pelo Laboratório Nacional Lawrence Livermore, na Califórnia, e foi foi pedido pelo Departamento de Estado dos EUA quando conduziu uma investigação sobre as origens da pandemia já durante os meses finais do Governo Trump.

O relatório agora está atraindo novamente as atenções do Congresso americano, sobretudo depois de o Presidente Joe Biden ter dado ordens para que as agências de inteligência dos EUA descobrissem como surgiu o vírus.

Biden afirmou que os serviços dos EUA se concentraram em dois cenários: se o coronavírus veio do contato humano com um animal infetado ou se resultou de um acidente laboratorial.

O estudo foi realizado pela chamada Divisão Z do Lawrence Livermore, que é o seu braço de inteligência. A avaliação dos peritos deste laboratório, que tem experiência em questões biológicas, baseou-se na análise do genoma do vírus SARS-COV-2, que causa o Covid-19.