Após três novos casos de Covid-19, Nova Zelândia decreta lockdown em Auckland

Período de restrições vai durar três dias na maior cidade do país; governo tenta conter novas casos
Por Alexandra Teodoro
Foto: ArquivoPrimeira-ministra
Primeira-ministra

A primeira-ministra da Nova Zelândia , Jacinda Ardern, declarou, neste domingo (14), um lockdown de três dias em Auckland, a maior cidade do país. A decisão aconteceu após a descoberta de três novos casos locais de Covid-19 .

Ao todo, 1,7 milhão de pessoas deverão ficam em casa, saindo apenas para comprar comida ou ir ao médico. Na segunda-feira (15), escolas e empresas estarão fechadas, permanecendo abertos apenas os comércios essenciais.

A estratégia da Nova Zelândia para conter a disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2) tem sido bastante rápida. No início da pandemia, o país agiu logo após os primeiros casos, fechando todas as fronteiras para evitar a importação de novos casos.

Lá dentro, a Nova Zelândia desenvolveu um programa de testes e rastreamento de infectados, para evitar que o novo coronavírus se espalhasse. Isso permitiu que a  doença fosse praticamente erradicada no país.