A China comentou sobre uma bio-arma semelhante à Covid em 2015

Os documentos descrevem os coronavírus da SARS como o prenúncio de uma "nova era de armas genéticas"
Por Redação

Vários pesquisadores e cientistas estão tentando encontrar a origem da Covid-19, que matou mais de 3 milhões de pessoas no mundo todo. Agora, um documento 'vazado' revela que as autoridades chinesas supostamente discutiram o armamento do coronavírus em 2015. O documento mostra as autoridades chinesas descrevendo os coronavírus como o prenúncio de uma nova era de armas genéticas.

Foto: ReproduçãoCovid 19 e China
Covid 19 e China

  
O artigo em chinês é chamado 'A origem não natural da SARS e novas espécies de vírus sintéticos como armas biológicas genéticas'. O documento também fala sobre o terror psicológico que as bioarmas podem causar diz jornalista Sharri Markson do Sky News.