Uespi lança edital para professor substituto e para auxílio alimentação

Vai atender os Campi Universitários e Centros da Uespi.
Por alexandra teodoro

O governador Wellington Dias participou na manhã desta quinta-feira (05), do lançamento do edital para preenchimento de 190 vagas para professores substitutos da Universidade Estadual do Piauí (UESPI). O concurso público será realizado pelo Nucleo de Concursos e Promoções de Eventos -NUCEPE. O preenchimento de vagas para o cargo de professor substituto é para atender as necessidades dos Campi Universitários e Centros da Uespi.

“Duas notícias importantes, agora à medida que a gente melhora as condições da pandemia, claro ainda com cuidados, há também a necessidade de estarmos preparados para essa retomada das aulas que começam de forma hibrida e ao mesmo tempo esse olhar para a nossa universidade. São 500 disciplinas que serão preenchidas para que você possa participar do concurso e nesse processo seletivo poder ministrar aula na nossa UESPI. Do outro lado o social, junto com todo esse programa do PRO SOCIAL, nós temos um olhar especial para as pessoas que mais precisam com o cartão alimentação para os alunos vulneráveis, para garantir sua alimentação”, disse o governador.

As áreas abrangidas serão Direito, Letras, Português, Pedagogia, Ciências Biológicas, Geografia, História, Libras, Agronomia, Zootecnia, Administração, Ciencias Contábeis, Ciencias da Computação, Educação Física, Enfermagem, Matemática, Ciências Sociais, Filosofia, Letras/Inglês, Odontologia, Comunicação Social/Jornalismo, Física, Quimica, Letras/Espanhol, Medicina, Psicologia, Biblioteconomia, Turismo, Engenharia Civil e Engenharia Elétrica.

“Foi uma demanda apresentada pelas coordenações de cursos e agora vamos começar esse processo seletivo e logo em seguida dar andamento às contratações que são em três etapas então isso leva em torno de 60 dias para que se finalize tudo e que a gente possa contar com esses professores em sala de aula. Isso vai sanar demandas que a gente tem de professores em disciplinas que estão descobertas, substituição de professores que estão afastados para mestrado, doutorado e ocupando cargos eletivos”, explicou o reitor da Uespi, professor Evandro Alberto.

Na ocasião, também foi realizado o lançamento do edital de auxílio alimentação estudantil com o objetivo de viabilizar recursos para que os discentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica tenham a oportunidade de realizar pelo menos uma refeição diária contribuindo com a manutenção e êxito nas atividades de ensino da redução da evasão estudantil.

Serão disponibilizados 2.431 auxílios para os discentes dos cursos de graduação na modalidade presencial, dos CAMPI/CENTROS da UESPI. A seleção de bolsistas para o programa de auxílio alimentação estudantil ocorrerá por meio de edital de responsabilidade da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX).

“É um passo importante nesse momento de retomada das aulas presenciais. Tivemos um prejuízo muito grande com os alunos do mundo inteiro em função da pandemia, da impossibilidade de aulas normais e esse gesto do Governo do Piauí de contratar mais professores e de apoiar estudantes com auxílio financeiro é um passo importante nessa retomada. Também aproveitamos para falar sobre investimentos em infraestrutura que devemos fazer através do PRO Piauí nos CAMPI da UESPI para que esse processo melhore cada vez mais”, garantiu o secretário de Fazenda e coordenador-geral do PRO Piauí, Rafael Fonteles.