Setor de eventos protesta contra medidas restritivas

B ares e restaurantes n ão podem ter m úsca ao vivo nem eletrônica
Por Alexandra Teodoro

O setor de eventos, bares e restaurantes  foi pego de surpresa nesta quarta-feira, por conta do decreto do Governo Estadual que limitou horarios de funcionamento do comércio, shoppings, bares e restaurantes. 
De todo modo, com o anuncio de aumento de casos da Ciovid -19, era até previsível que pudesse acontecer. Mas, de acordo com o Decreto os músicos e bandas foram proibidos de se apresentarem.

Por outro lado, a medida impõe rstrições mas não há n enhum aparato do poder público no sentido de viab ilkziar melhores condições de sobrevivencia diante da crise que se inatloiu por conta da pandemia.

O governo, estadual, federal,  municipal continua cobrando suas taxas de sempre , impostos, compromissos como alvarásd de funcinamento , IPTU, IPVA , que todo cidadão tem para honrar.

Foto: ArquivoManifestação
Manifestação

Representante do setor reclamar que não há diálogo com  a classe, no sentido de encontra a melhor solução, já que todas as empresas estão abertas e funcionando. Vale ressaltar que desd emarço d e2020 o setor mais afetado é o de entretenimento. O primeiro que parou e o último que ensaiou um retorno, que durou pouco.

O pouco que se fez na esfera admin istrativa foi pouco para sanar ou amenizar condições adversas provocadas pela pandemia do novo coronavirus. Entidades governamentais em sua maioria não doaram,  não patrocinaram as lives,  não liberação impostos,  não isentaram multas,  juros,  encargos. Não mudaram a forma de ver este setor que ficará proibido até existir uma vacinação que consiga atingir toda ou quase toda a populaçao.

Por conta desa indignação, profissionis do setor realizaram protesto nesta manhã no sentido de chamarem a atenção para a questão; Os artistas precisam continuar trabalhando.  Diante disso proprietários de casas de eventos e  alguns artistas promoveram manifestação, bloqueando a ponte JK, conhecida Ponte da Frei Serafim.

Saiba mais sobre: