Sesapi amplia leitos de UTI para fortalecer enfrentamento a pandemia

Mais 10 leitos de UTI Covid serão abertos no Hospital Getúlio Vargas, em Teresina
Por Alexandra Teodoro

A partir desta segunda, dia 7, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), através da Rede de Média e Alta Complexidade, abre mais 10 leitos de UTI Covid no Hospital Getúlio Vargas (HGV), em Teresina, totalizando 20 nesta unidade de saúde. No interior, as unidades de saúde das cidades de Oeiras, Floriano e São Raimundo Nonato também devem ganhar mais leitos de UTI Covid.

O Hospital Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, contava com 10 leitos de UTI e 40 leitos clínicos. Hoje, a unidade já está com 20 leitos de UTI. No Hospital da Polícia Militar(HPM), em Teresina, os dez leitos gerais que passaram a atender somente Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Ainda na capital, o Hospital Infantil Lucídio Portella(HILP) recebeu mais seis leitos com suporte respiratório e no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella já são mais seis leitos de cuidados intermediários respiratórios. Na região de Picos, são mais oito leitos voltados para o atendimento de síndromes respiratórias agudas graves.

Para o Superintendente da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Alderico Tavares, todas essas ampliações são trabalhos da secretaria para assegurar o atendimento a toda a população nesse momento de pandemia. “Sempre que houver necessidade, vamos aumentar o número de leitos clínicos e de UTI que atendem Covid ou Síndromes Respiratórias”, afirma.

O Secretário Florentino Neto destaca que garantir a estrutura adequada em todo o estado é a meta e que a Secretaria também está trabalhando para ampliação de leitos em outras unidades hospitalares da rede estadual. “Estamos estudando a ampliação de leitos de UTI em Oeiras, Floriano e São Raimundo Nonato, para garantir que todas as nossas regiões de saúde tenham a estrutura adequada para atender a demanda do momento”, destacou o gestor.

O Secretário Florentino Neto destaca que mesmo com o trabalho da secretaria para a ampliação de leitos é necessário que a população continue buscando a vacinação e mantendo os cuidados de higiene e de distanciamento.

“Nós registramos nos últimos dias um aumento no número de novos casos da doença. A população precisa compreender que além dos trabalhos da secretaria vem realizando incansavelmente para melhorar nossa rede hospitalar, todos ainda precisam manter os cuidados para evitar um aumento de novos casos e de pessoas que venham a precisar de internação. Vacinação com todas as doses, lavagem das mãos, uso de máscara, distanciamento social ainda são as medidas essenciais para vencermos a pandemia”, aponta o gestor.

Saiba mais sobre: