Obras de revitalização do Centro de Teresina devem ser entregues em setembro

Prioridade no calendário de execução
Por Alexandra Teodoro

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, visitou as obras no Centro de Teresina, na manhã deste sábado (23). Na ocasião, estiveram presentes o Superintendente de Desenvolvimento Urbano Centro, Roncalli Filho e o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira. As obras de revitalização das ruas do Centro de Teresina devem ser concluídas até setembro.

Foto: AssessoriaObras tem prioridade
Obras tem prioridade

As obras fazem parte de um projeto de revitalização e de acessibilidade do Centro da capital. Dentre elas, estão a construção da galeria na Rua Coelho Rodrigues, a construção do Museu da Imagem e do Som, reforma da rua Climatizada e praça Rio Branco, além de outras obras de revitalização. Os investimentos giram em torno de R$ 25 milhões e são provenientes de recursos próprios da prefeitura e recursos federais.

“Tudo o que for importante para a cidade e para o cidadão são nossas prioridades. Estamos empenhados em deixar o centro de Teresina em condições de todas as pessoas transitarem livremente, pois além de deixar a cidade mais bonita, às obras vão oferecer a infraestrutura adequada para que o povo venha ao Centro com mais tranquilidade”, ressaltou Doutor Pessoa.

O superintendente de Desenvolvimento Urbano Centro, Roncalli Filho, espera que a conclusão das obras aconteça em até sete meses. “Queremos entregar as obras de acessibilidade e revitalização do Centro de Teresina até o mês de setembro. São obras que vão fazer a diferença, que vão facilitar a vida dos comerciantes e de todos que passarem pelo Centro”, pontuou.

“Estamos ‘tomando pé’ da situação e providenciando o que é necessário. Criamos um grupo de trabalho com profissionais capacitados e também com a sociedade civil para pensar sobre a cidade, principalmente para o Centro. Já temos obras em andamento e alguns recursos, mas vamos precisar de muito mais, e iremos atrás de recursos para essas obras”, concluiu Edmilson Ferreira, secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Saiba mais sobre: