Museu de História Natural deve ser reativado no Jardim Botânico de Teresina

Com mais de 36 hectares de área verde e diversas trilhas ecológicas
Por Alexandra Teodoro
Foto: AssessoriaCom mais de 36 hectares de área verde e diversas trilhas ecológicas,
Com mais de 36 hectares de área verde e diversas trilhas ecológicas,

O Jardim Botânico de Teresina, zona Norte, é uma das maiores áreas de preservação ambiental da cidade e nesta sexta-feira, 22, recebeu a visita dos técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam). O local que foi criado em 2011, ainda está fechado para visitação.

Com mais de 36 hectares de área verde e diversas trilhas ecológicas, o local é um exemplar intocável da floresta nativa do nordeste brasileiro, praticamente sem nenhuma alteração humana.

“Aqui nós temos um potencial muito grande para desenvolver ações de educação ambiental. O Jardim Botânico era referência na pesquisa e cultivo de plantas medicinais, com laboratório de Botânica e herbário, um ambiente excepcional para o estudo acadêmico da medicina tradicional. Além disso, nós tínhamos aqui também um Museu de História Natural que está desativado. Todas essas informações vamos levar até a secretária para pensarmos quais ações podemos implantar para reativar o Parque”, explica Naisis Andrade, gerente do Núcleo de Educação Ambiental (NEA).

Saiba mais sobre: