Modelo clássico da Volkswagen é um dos carros mais amados e populares do Brasil

Na década de 1980, as vendas no Brasil começaram a cair e o automóvel acabou perdendo espaço
Por Alexandra Teodoro

Desde 1989, o Dia Nacional do Fusca é comemorado no Brasil no dia 20 de janeiro. A origem da celebração remonta a uma série de eventos organizados no início daquele ano em conjunto entre a Volkswagen e o Sedan Clube do Brasil. O primeiro Fusca do país foi fabricado em 3 de janeiro de 1959, portanto a data também coincide com a lembrança desse marco histórico. 

O Fusca no Brasil

De origem alemã, o Fusca começou a ser montado no Brasil (com componentes importados) em 1953, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Mas somente após o início de produção na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo, em 1959, é que o automóvel começou a ser oficialmente fabricado no país, produzido em sua maioria com peças nacionais.

Curiosamente, o Brasil é um dos poucos lugares onde o carro não foi comparado a um inseto (em países de língua inglesa, ele é chamado de Beetle, ou "besouro"). Por aqui, apesar de o carro se chamar originalmente Volkswagen Sedan, o nome "Fusca" acabou pegando. A origem dessa alcunha peculiar é atribuída à forma como os brasileiros entendiam os alemães pronunciando a palavra "Volks". Apenas em 1983 o carro passou a ser chamado de Fusca de forma oficial pela montadora.

Foto: AssessoriaNa década de 1980, as vendas do Fusca no Brasil começaram a cair e o automóvel acabou perdendo espaço
Na década de 1980, as vendas do Fusca no Brasil começaram a cair e o automóvel acabou perdendo espaço

Na década de 1980, as vendas do Fusca no Brasil começaram a cair e o automóvel acabou perdendo espaço para modelos mais modernos. A Volkswagen, então, optou por encerrar sua fabricação e manter seu foco na linha Gol. A produção chegou ao fim em 1986. Em 1993, surpreendentemente, o Fusca voltou a ser produzido. A decisão de recolocar o veículo do mercado atendeu a um pedido do então presidente Itamar Franco, que apostava nos modelos populares para alavancar o setor automotivo. Essa volta, porém, durou pouco: em 1996 o carro saiu de linha novamente. 

Durante mais alguns anos, o veículo continuou a ser fabricado apenas no México. Mas, depois de mais de 60 anos e 21 milhões de veículos produzidos, o último Fusca original do mundo saiu de linha naquele país em 30 de julho de 2003.