Hospital Mariano Castelo Branco passa a receber pacientes com Covid-19

Diretor da FMS, Gilberto Albuquerque visitando às instalações do hospital
Por Alexandra Teodoro
Foto: AssessoriaDiretor da FMS, Gilberto Albuquerque visitando às instalações do hospital
Diretor da FMS, Gilberto Albuquerque visitando às instalações do hospital

O Hospital Mariano Castelo Branco passa a partir de hoje, 21, a receber pacientes clínicos com Covid-19 de toda a cidade. A unidade conta com 31 leitos clínicos transferidos do Hospital de Campanha Pedro Balzi, estrutura temporária e inadequada para o momento atual da doença em Teresina.

Nesta manhã, o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, fez uma visita às instalações do hospital e conferiu o fluxo e as adaptações feitas para receber casos leves e moderados da doença. “O Hospital Mariano Castelo Branco tem uma estrutura nova, bonita, bem conservada e adequada para tratar esses pacientes de forma mais justa”, comentou o presidente.

A diretora Ana Cleia Marques afirma que o serviço contará com a colaboração de novos profissionais para prestar o atendimento adequado para casos de Covid-19. “Nós teremos a implementação do serviço de fisioterapia, aumentando o apoio da equipe, que conta também com médicos especializados, enfermeiros e técnicos em enfermagem”, disse ela, ressaltando ainda que a equipe está preparada após a atuação durante o pico da pandemia. “Já funcionamos com internação Covid por 4 meses, com 25 leitos, e estamos prontos para receber pacientes de toda a cidade”, diz.

Desde o primeiro dia útil do ano, a rede de saúde municipal de Teresina passa por uma reorganização de leitos dedicados à Covid-19, para um melhor aproveitamento da estrutura diante da situação real da doença na cidade. “As estruturas de campanha foram criadas para serem temporárias e já cumpriram seu papel. Agora vamos transferir esses leitos para unidades hospitalares, mais adequadas e estruturadas”, diz Gilberto Albuquerque.

Saiba mais sobre: