COE faz apelo para cumprimento de medidas de prevenção à Covid-19

O comitê divulgou nota nesta segunda-feira (8) em que mostra preocupação quanto ao cuidados
Por Alexandra Teodoro

O Centro de Operações Emergenciais (COE-PI) divulgou nota, nesta segunda-feira (8), em que esclarece a população em geral sobre a situação que exigiu das autoridades governamentais e sanitárias a imposição de medidas de prevenção contra a disseminação da Covid-19, bem como faz um apelo pela conscientização dos piauienses sobre a adoção dessas medidas, que visam exclusivamente conter o avanço da doença no Piauí.

O Piauí confirmou o primeiro caso da Covid-19 no dia 19 de março de 2020. A partir daí, uma série de medidas foram adotadas pelo Governo do Estado para o enfrentamento da pandemia. As medidas iniciais foram referentes à quarentena e isolamento social em todos os territórios de desenvolvimento e regiões de saúde, considerando as particularidades da abrangência de novos casos registrados pelo estado.

Foto: agazeta.newsCumprimento de medidas de prevenção à Covid-19
Cumprimento de medidas de prevenção à Covid-19

A tomada de decisão foi sempre pautada em estudos e pesquisas, prezando pelo conhecimento técnico-científico com base nos riscos epidemiológicos, sanitários e ocupacionais, que se tornaram parâmetros para o Pacto de Retomada Organizada, iniciado em julho de 2020.

A nota divulgada pelo COE mostra uma preocupação particular, uma vez que a descontinuidade da adesão das medidas sanitárias tem refletido no aumento do número de casos no estado e causado uma sobrecarga no sistema de saúde do Piauí.

Nesse sentido, o comitê faz um alerta e convoca todos os piauienses a uma reflexão sobre as condições que o estado passa no momento, necessitando da colaboração da população para minimizar os efeitos negativos da Covid-19.

Ainda de acordo com o documento elaborado pelo COE, “a mortalidade dos pacientes intubados em ventilação mecânica em UTI pode chegar a 80% dos casos, evidenciando um alto risco da ocorrência de óbito, situação que somente a expansão dos leitos não resolveria”.

Diante de toda a situação, o Governo do Estado, em nome do Centro de Operações Emergenciais (COE), faz um apelo para o uso contínuo de máscara, distanciamento social, lavagem das mãos e uso de álcool a 70%, bem como todas as outras medidas que são eficazes contra a contaminação da Covid-19.

“A responsabilidade pelo cumprimento das medidas e controle da doença no Piauí deve ser compartilhada com toda a sociedade, uma vez que o comportamento individual de cada cidadão pode salvar vidas”, destaca a nota.

Saiba mais sobre: