Whindersson Nunes resiste a Popó e empata na sua estreia no boxe

Tetracampeão mundial domina luta de exibição, mas arbitragem dá empate para coroar festa
Por Globo.com
Foto: globoEmpate para manter o show, que contou com muitos famosos na plateia
Empate para manter o show, que contou com muitos famosos na plateia

Luzes, música e celebridades na torcida receberam Whindersson Nunes para sua estreia no boxe. O youtuber de 27 anos montou um grande espetáculo para encarar em uma luta festiva um adversário de peso: Acelino "Popó" Freitas. Neste domingo, em Balneário Camboriú, o tetracampeão mundial dominou o combate e quase levou o Whindersson à lona no sexto round. Mas a celebração era o que importava no Fight Music Show. Com ajuda da arbitragem, o youtuber resistiu aos golpes de Popó. O empate coroou a festa.

Mãe de Whindersson, Dona Valdenice pediu para Popó não machucar o filho e ir devagar. O tetracampeão mundial atendeu ao pedido e evitou nocautear, apesar de dominar toda a luta. A arbitragem teve de encerrar alguns rounds antes da hora para manter Whindersson no combate. Valia tudo pelo show.

Aposentado do boxe desde 2017, Popó, de 46 anos, decidiu calçar as luvas novamente para aderir à febre que tomou conta dos Estados Unidos: eventos que promovem lutas entre youtubers e astros das artes marciais. O convite se deu para enfrentar Whindersson Nunes, com quem tem uma relação de respeito e cordialidade. O baiano não titubeou e aceitou o desafio.

- Lá nos EUA tem muito youtuber desafiando lutadores de boxe, tem muita gente do MMA , ex-lutadores do UFC, e porque aqui não acontece? Um dos melhores da minha categoria chama-se José Aldo. Vem aqui para o meu ringue! - disse Popó.

Show garantido

O clima em Balneário Camboriú era de festa. Entre uma luta e outra, atrações musicais como Wesley Safadão embalavam pouco mais de 2 mil pessoas. O comediante Tirulipa fez o papel de anfitrião, anunciando os combates. Celebridades como Caio Castro, Zé Roberto e GKay estavam na arquibancada. Também estava na torcida Charles do Bronx, campeão peso-leve do UFC