Neymar revê árbitro de outras polêmicas

Camisa 10 sofre sete faltas em vitória do PSG sobre o Lens, e diretor discute com arbitragem
Por globo.com
Foto: Globo.comNeymar
Neymar

É quase uma regra: quando o árbitro Jérôme Brisard é escalado para um jogo do PSG, há chance de polêmica. E não foi diferente neste sábado, na vitória do Paris contra o Lens por 2 a 1, pelo Francês. Neymar sofreu sete faltas na partida, mas deixou o campo furioso por várias outras infrações não marcadas. O diretor esportivo Leonardo também discutiu com o juiz.

Brisard é o mesmo árbitro que repreendeu Neymar por dar uma lambreta em campo e depois lhe deu um cartão amarelo diante da reclamação do brasileiro. Foi em um PSG 5 x 0 Montepllier, em fevereiro do ano passado.

O juiz também estava no clássico PSG 0 x 1 Olympique de Marselha, em setembro, quando distribuiu cinco vermelhos, um deles para o camisa 10, que deixou a partida acusando o zagueiro espanhol Álvaro González de racismo.

Neste sábado, Neymar foi o mais caçado em campo e, aos 44 do segundo tempo, foi derrubado por Clauss dentro da área e reclamou muito de falta não marcada. O diretor esportivo do PSG, Leonardo, também fez questão de aumentar o coro contra a arbitragem.

Em flagra da emissora “Canal+”, o dirigente foi até Jérôme Brisard na saída para o vestiário e alegou que o juiz não protegeu Neymar, ao não punir as seguidas faltas em cima do brasileiro. De acordo com a TV, Leonardo fez questão de lembrar das polêmicas passadas com o árbitro.

– Eu sei, tenho certeza, e você não. Não é a primeira vez que isso acontece, e em todas elas, é você – disse Leonardo, ao árbitro Jérome Brisard, segundo o “Canal+”. 

60 faltas sofridas na liga

Neymar é o quarto jogador com maior média de faltas sofridas nas cinco grandes ligas europeias. Ele chegou a 60 faltas sofridas em seus 15 jogos pelo PSG no Campeonato Francês e tem média de quatro por jogo. Jack Grealish, do Aston Villa, está no topo, seguido do meio-campista brasileiro ex-Goiás e Atlético-MG, Léo Sena, do Spezia: