Neymar pode pegar suspensão de três jogos por expulsão contra o Lille

Neymar foi expulso pela segunda vez em 20 jogos na temporada

O atacante Neymar pode pegar até três jogos de suspensão por causa da expulsão na derrota para o Lille, no último sábado. O caso do jogador do Paris Saint-Germain deve ser analisado pela Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) na próxima quarta-feira, segundo informações do jornal "Le Parisien" neste domingo.

Neymar já vai cumprir suspensão automática na próxima rodada do Campeonato Francês, no sábado que vem, contra o Strasbourg. Caso ele seja punido com a pena máxima, vai perder também os jogos contra o Saint-Etienne, pela Ligue 1, no dia 18, e o compromisso pelas quartas de final da Copa da França, no dia 21 de abril (adversário ainda indefinido).

Punido com um cartão amarelo por botar a mão no rosto de Benjamin André no primeiro tempo, depois de desentendimento, o brasileiro foi expulso nos minutos finais. Em disputa de bola ríspida quase na linha de fundo, empurrou o zagueiro Djaló fora de campo para pegar a bola e cobrar a falta marcada. O defensor do Lille caiu, o árbitro veio e mandou os dois embora.

Foto: Globo.comNeymar
Neymar

Essa possibilidade de três jogos de suspensão está relacionada exclusivamente à expulsão. A Comissão Disciplinar da LFP também deve avaliar o que aconteceu após a partida. Neymar e Djaló quase se agrediram e precisaram ser separados no vestiário, como mostraram as imagens da emissora francesa "Canal+".

Neymar foi expulso pela segunda vez em 20 jogos na temporada, pela terceira vez na Ligue 1 desde o início de 2020. Nenhum outro jogador da liga levou o vermelho tantas vezes no período. Segundo o "Le Parisien", o atacante brasileiro já desfalcou o time em 12 partidas, por motivos disciplinares.

O Lille agora é líder isolado do Campeonato Francês, com 66 pontos. O PSG é o segundo, com 63, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Lyon. O Paris Saint-Germain agora se prepara para enfrentar o Bayern de Munique, na quarta-feira, pelas quartas de final da Champions.