Amanda Nunes promete finalizar Julianna Peña e abre portas para Kayla Harrison

Leoa diz que adversária deste sábado está pensando como todas as suas outras adversárias
Por globo.com
Foto: Globo.comAmanda Nunes faz o co-evento principal do UFC 269 contra Julianna Peña neste sábado
Amanda Nunes faz o co-evento principal do UFC 269 contra Julianna Peña neste sábado

Dona dos cinturões do peso-galo (até 61kg) e do peso-pena (até 66kg) e vindo de 12 vitórias consecutivas. O retrospecto de Amanda Nunes fala por si só e a confiança demonstrada pela Leoa antes de enfrentar Julianna Peña no co-evento principal do UFC 269 é justificável. Para o confronto deste sábado, em Las Vegas (EUA), a brasileira garantiu que a luta não vai chegar na decisão dos juízes e acredita que a americana está cometendo o mesmo erro de suas outras adversárias.

- Todo mundo sabe que tenho poder de nocaute muito grande e, se encontrar um buraquinho, com certeza nocauteio. Se encontrar falha no chão, posso finalizar. Não pisca o olho não. Galera do Brasil, fica ligada na televisão porque vou esperar o momento de ela cometer um erro e, com certeza, vou finalizar essa luta. Acho que quando fecha a porta do cage, todo mundo fica perigoso. Ela é uma atleta que não tem nada a perder, quem tem sou eu, ela virá pra cima com tudo. Tenho que estar bem preparada pra assimilar esses momentos, não entrar no jogo dela. É isso que ela quer fazer, vir pro "dirty boxing", agarrar, que ela pensa na cabeça dela que é a forma que vai me ganhar, sendo que várias oponentes, como a amiga dela Miesha Tate, tem o mesmo estilo. Tenho experiência com esse tipo de lutadora, todo mundo vem pra me agarrar, mas eu venho do grappling. Elas estão pensando da forma errada.