19 março 1953: Oscar passa pela primeira vez na TV

Organizada pela primeira vez em maio de 1927
Por Alexandra Teodoro

Organizada pela primeira vez em maio de 1927, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas foi concebida como uma organização sem fins lucrativos, dedicada ao avanço da indústria cinematográfica. Os primeiros prêmios da Academia foram entregues em maio de 1929, em uma cerimônia com jantar realizada no Blossom Room do Hollywood Roosevelt Hotel. No início, não havia suspense em relação aos vencedores, que eram anunciados meses antes.

Foto: ArquivoOscar passa pela primeira vez na TV
Oscar passa pela primeira vez na TV

Nos 10 anos seguintes, a Academia passou a fornecer aos jornais os nomes dos vencedores às 11 horas da noite da cerimônia de premiação. Isso mudou depois que um jornal quebrou o acordo e publicou os resultados na edição da noite, já disponível antes do início da cerimônia. A partir daí, deu-se início ao sistema de envelopes fechados que persiste até hoje, fazendo a noite de Oscar o evento do ano mais esperado de Hollywood.

O interesse do público no Oscar foi grande desde o início, e, a partir do segundo ano, a cerimônia foi transmitida ao vivo pelo rádio. O ano de 1953 marcou a primeira vez a transmissão do prêmio pela televisão.

A National Broadcasting Company (NBC) transmitiu a 25ª cerimônia anual de premiação ao vivo. Bob Hope foi o mestre de cerimônias, enquanto Fredric March, duas vezes vencedor do Oscar de Melhor Ator - por "O Médico e o Monstro" (1932) e "Os Melhores Anos de Nossas Vidas" (1946) -, apresentou os prêmios. A estatueta de Melhor Filme foi para Cecil B. DeMille por "O Maior Espetáculo da Terra", enquanto John Ford ganhou como Melhor Diretor por "O Homem Tranquilo". Os vencedores nas duas principais categorias de atuação foram Gary Cooper ("Matar ou Morrer") e Shirley Booth ("A Cruz da Minha Vida").