Escolas da Rede Municipal começam a retornar no formato híbrido

Escolas da Rede Municipal começam a retornar no formato híbrido
Por alexandra teodoro
Foto: assessoriaEscolas da Rede Municipal começam a retornar no formato híbrido
Escolas da Rede Municipal começam a retornar no formato híbrido

O Aniversário de Teresina este ano foi marcado pelo retorno das aguardadas aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino. Porém, ainda no formato híbrido, com poucos alunos em sala de aula e uma nova rotina para evitar a disseminação do coronavírus. Para um retorno gradual, nesta segunda-feira (16), apenas quatro escolas municipais deram início às atividades no novo formato, e somente com turmas do 9º ano do Ensino Fundamental.

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, esteve no início da manhã na Escola Municipal José Gomes Campos, zona Norte, recepcionando os alunos. Nouga conferiu os protocolos de segurança, definido por cada unidade escolar e conversou com os estudantes sobre a importância do retorno presencial. “Esse momento foi bastante planejado, vamos em busca de minimizar os impactos causados pela pandemia, mas com segurança em primeiro lugar. Cada escola tem seu planejamento e o retorno está sendo de forma tranquila. A cada dia, mais escolas retornarão”, comentou.

Inicialmente, a unidade de ensino vai receber 36 alunos do 9º ano, divididos em dois grupos. Segundo a diretora Patrícia Leal, a equipe estava preparada desde janeiro e vem reforçando as medidas sanitárias. “Sempre conversamos sobre a melhor forma de retornar, então os professores se engajaram e trabalhamos juntos em um planejamento para que tudo seja feito gradativamente. Nesse primeiro momento, por exemplo, não teremos nenhum tipo de atividade que possa gerar aglomeração. O distanciamento é a principal regra”, explica a gestora.

Também voltaram de forma híbrida as escolas municipais Professor Olímpio Castro de Oliveira, no Vale do Gavião; Simões Filho, no Cristo Rei; e Conselheiro Saraiva, zona Rural. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semec), todas as unidades de ensino estão sendo equipadas com o material de segurança aprovado pela Vigilância Sanitária. O retorno presencial acontecerá com base em um cronograma e os pais podem visitar as escolas para garantir se estão respeitando as medidas.

Na Escola Municipal Olímpio Castro, o secretário executivo de Ensino Kleytton dos Santos passou nas três salas de aula que voltaram à ativa para conversar com os alunos. O primeiro dia contou com 20, dos 119 matriculados nas turmas de 9º ano. Os demais permanecem participando das atividades remotas. “Esse é um momento de muita cautela, mas muito aguardado pelos alunos, porque nada substitui a sala de aula, a presença do professor”, pontuou Kleytton.

O diretor Igor Rafael e a diretora adjunta Morgana Leal acompanharam passo a passo dos alunos no primeiro dia de retorno. As mudanças vão desde a higienização das mãos a cada atividade, passando pelo distanciamento entre as carteiras, até o uso de garrafinhas de água individuais. “A equipe foi treinada para acompanhar cada passo dos alunos, assegurando que os protocolos sejam seguidos e tudo seja realizado com responsabilidade”, disse o diretor.

Saiba mais sobre: