Enem tem 'Admirável Gado Novo' e questões sobre racismo

Prova de Ciências Humanas e Linguagens foi aplicada neste domingo, 21, em todo o País
Por Terra
Foto: terraenem
enem

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste domingo, 21, trouxe um trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho, uma charge do cartunista Henfil e questões sobre racismo. Já o tema da Redação deste ano foi "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil". O Enem 2021 foi marcado por polêmicas envolvendo tentativa de controle sobre o conteúdo da prova e crise com os servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pelo exame.

Questões sobre temática indígena, racial e de gênero apareceram na prova e, segundo professores, não foi possível perceber censura em itens. "Não é a cara que o governo queria. Claramente, a prova usa o que se tem no Banco Nacional de Itens (BNI) e mantém o padrão, estilo e formato dos anos anteriores", diz Gilberto Alvarez, do Cursinho da Poli.

Segundo ele, uma questão em Linguagens abordou a música Admirável Gado Novo, do cantor Zé Ramalho. O item se referia ao contexto social da época em que a canção foi lançada, em 1979. O Brasil vivia sob a ditadura militar, mas, segundo afirma, o item não fazia referência explícita a este período da História. Desde 2019, o Enem não trazia questões sobre a ditadura militar.

Para Alvarez, a complexidade da prova foi de média a baixa. "Foi uma prova em que muitas questões vão pela interperatação de textos e figuras." Em relação ao tema da Redação, parte dos candidatos relatou dificuldades. "Achei um tema atípico, mas muito importante que precisa ser discutido. É necessário conscientizar as pessoas de como são consideradas invisíveis diante da falta de registros", disse Rodrigo Conte, de 17 anos, que pretende cursar Engenharia.