Kandover, som hardcore no Piaga Festival de Artes Integradas, dia 27

Formada ainda como banda cover em 2009, longos anos de estrada.
Por Alexandra Teodoro

Kandover é uma ousadia. Sim! Porque fazer Punk Rock em qualquer lugar do planeta é quebrar paradigmas. No Piauí, mais ainda, onde os espaços para apresentação desse som são extremamente reduzidos.

Mas, como eles mesmos falam, ousadia pouca é bobagem. Jairo, Fiel, Diego e Amilton ( in memorian) começaram seu trabalho na kandover fazendo covers de bandas que os integrantes gostavam. Aos poucos, as composições surgiram. Não era de se estranhar que dali em diante, vez ou outra, colocava uma música ou outra no repertório, mas sempre tocando pouco em eventos pequenos.

Foto: Alexandra TeodoroFormada ainda como banda cover em 2009, longos anos de estrada.
Formada ainda como banda cover em 2009, longos anos de estrada.

Nesse momento, Fiel assumiu os vocais porque o vocalista Jairo mudou de Estado. Assim, recrutaram Jardel para o Baixo e seguiram. Quando a banda se preparava pra gravar, sofreu o impacto do prematuro falecimento do baterista Amilton, em 2015. Foi um baque enorme pra todos, porque, antes mesmo de ser uma banda eram  (e são) amigos desde a infância.

Em 2016, ainda abalados com a perda do parceiro e amigo, recrutaram o baterista Dodô Pacheco, que também era amigo de infância, para fazer um show de despedida em homenagem a Amilton. Durante esses ensaios, surgiu o convite pra participar do evento “Quanto Vale o show?”. O que era pra ser uma homenagem, virou um showzaço, aclamado pelo bom público presente. Nessa mesma data, surgiram 3 convites pra tocar em outros eventos. Estava dando certo. A fórmula da banda sempre teve presente em suas letras a crítica social misturada com muito bom humor e sarcasmo, unidas com a  pegada furiosa do Hardcore. Decidiram continuar, em homenagem ao amigo, uma banda de amigos.

Serviço:
Piaga Festival de Artes Integradas
Data: 27 de fevereiro de 2021
Horário: 17h
Onde: no YOUTUBE: Youtube.com/channel/festivalpiaga
News pelo: Instagram.com/piaga_festival/

Foto: Alexandra TeodoroKandover
Kandover

Mais de Kandover

            Em 2017, impulsionados pelos shows e os caminhos que se abriram, lançaram seu primeiro EP “O Povo” tendo repercussão positiva em alguns blogs especializados e consequentemente realizando shows com bastante frequência na capital do Piauí.

           Com bateria furiosa, baixo gravíssimo, riffs precisos de guitarra e a voz marcante do seu vocalista, lançou em 2019 pelo 202 Sessions, os singles Coxinha de Pato e Povo Privatizado, que farão parte do disco que ainda sairá em 2021. Os planos todos eram pra 2020, e incluíam mini turnê pela Paraíba e Pernambuco. Mas a pandemia atrasou tudo. Mesmo assim, o projeto continua vivo. Inegavelmente, a KandoveR é uma banda de hardcore, pegada forte e crítica social nas letras. Mas as influências de humor, música brega e forró dão uma pitada extra ao som,  trazendo parte da essência da cultura nordestina pra sonoridade com a assinatura KandoveR.

Saiba mais sobre: