Jênio: um artista da cena Hip Hop piauiense

Em 2021 já lançou Filho do Sol e Tem Coisas que Acontecem
Por Alexandra Teodoro

Jenilson Silva Costa, mais conhecido como Jênio, é nascido em Teresina, e iniciou sua trajetória de vida no bairro Vermelha no Centro-Sul. Escolheu o Hip Hop para expressar sua arte.
 


O Hip Hop é uma cultura popular que surgiu entre as comunidades afro-americanas do subúrbio de Nova York na década de 1970. A música é a principal manifestação artística do hip hop, que também tem na dança e no grafite forte representação. Dos Estados Unidos, a cultura hip hop se espalhou pelo mundo. Em Teresina os artistas desse segmento lutam contra a falta de espaço e o preconceito.

Jênio iniciou-se em 2014 a sua trajetória na arte, com escritas poéticas abordando sempre diversos assuntos sociais. E foi através do convite do MC Preto Fúria, que teve o seu primeiro contato com a cultura Hip-Hop local da cidade, na praça P2 (Pedro Segundo) Em meio às batalhas de MC’s.

Em 2016 com a ajuda do Preto Fúria, foi desenvolvida a batalha do PC (Parque da Cidadania) que foi primordial para a criação das batalhas em várias localidades da cidade de Teresina, tais como Batalha da Cultural,  e a Batalha do Coliseu.

Por volta de 2017, foi iniciado suas primeiras atuações musicas em conjunto com a Narco Rap, tendo lançado as faixas Mal do Século e O Perigo Tá Nas Ruas.

Foto: AssessoriaJênio rapper
Jênio rapper

Em 2018 com a sua saída do grupo, Jênio decide seguir sua carreira solo participando de batalhas, dentre elas, algumas vitorias acrescentam o seu currículo e a sua carreira artística. Lançando também, novas faixas de áudio como, O Rap Tá no Ar e Trapzina, disponível em todas as plataformas digitais.

E agora em 2021 após lançar Filho do Sol e Tem Coisas que Acontecem, Jênio vem trabalhando como produtor de áudiovisual, em singles e feats.

É uma boa dica para quem pretende ouvir novas musicalidades.

Saiba mais sobre: