1994: Nirvana realizou seu último show ao aparecer no Terminal Einz

No final da década de 1980 os Nirvana estabeleceram-se como parte da cena grunge de Seattle
Por Alexandra Teodoro

Nirvana realizou seu último show ao aparecer no Terminal Einz, em Munique, na Alemanha. O local era era um pequeno aeroporto Hanger com capacidade para 3 mil pessoas. A energia acabou durante o show, então eles improvisaram um set acústico, incluindo uma versão de "My Best Friend's Girl", do The Cars.

Foto: AssessoriaNirvana
Nirvana

Relembre a carreira da banda

Nirvana foi uma banda norte-americana de grunge e rock alternativo formada pelo vocalista e guitarrista Kurt Cobain e pelo baixista Krist Novoselic em Aberdeen no ano de 1987, que obteve grande sucesso no movimento grunge de Seattle no início dos anos 1990. Vários bateristas passaram pelos Nirvana, sendo o que ficou mais tempo na banda Dave Grohl, que entrou em 1990.

No final da década de 1980 os Nirvana estabeleceram-se como parte da cena grunge de Seattle, lançando o seu primeiro álbum, Bleach, pela gravadora independente Sub Pop em 1989. A banda desenvolveu um som que se baseava em contrastes dinâmicos, muitas vezes entre versos calmos e barulhentos, e refrões pesados. Depois de assinar com a gravadora DGC Records, o grupo encontrou o sucesso inesperado com "Smells Like Teen Spirit", o primeiro single do segundo álbum da banda, Nevermind (1991). O sucesso repentino da banda amplamente popularizou o rock alternativo como um todo, e como o vocalista da banda, Cobain se encontrou referido na mídia como o "porta-voz de uma geração", com os Nirvana sendo considerados a "principal banda" da Geração X. Nevermind é citado como um dos melhores álbuns de todos os tempos, e contém três singles na lista de "500 Maiores Canções de Todos os Tempos", da revista Rolling Stone. O terceiro álbum de estúdio dos Nirvana, In Utero (1993), desafiou a audiência do grupo, apresentando um som abrasivo, natural e cru, menos mainstream. In Utero, apesar de ser um álbum que se volta contra o sistema (fama e mídia), também foi muito bem sucedido, surpreendendo a crítica, os produtores, e até mesmo a própria gravadora.

Foto: AssessoriaNirvana
Nirvana

A breve vida dos Nirvana terminou após a morte de Kurt Cobain em 1994, mas vários lançamentos póstumos têm sido emitidos desde então, supervisionados por Novoselic, Dave Grohl e pela viúva de Cobain, Courtney Love. Apesar de ter lançado apenas três álbuns, a banda, desde o disco de estreia, já vendeu mais de 75 milhões de cópias em todo o mundo. Destas, 25 milhões foram vendidas apenas nos Estados Unidos.

O Nirvana lançou o seu primeiro single, "Love Buzz", em novembro de 1988 pela gravadora independente Sub Pop, de Seattle. No mês seguinte, a banda começou a gravar o seu álbum de estreia, Bleach, com o produtor local Jack Endino. Bleach foi extremamente influenciado pelo rock pesado do Melvins e do Mudhoney, pelo punk rock da década de 1980, e pelo heavy metal do Black Sabbath da década de 1970. Novoselic disse em uma entrevista de 2001 com a Rolling Stone que a banda tinha tocado uma fita em sua van durante a turnê que tinha de um lado um álbum do The Smithereens e do outro um álbum da banda de black metal Celtic Frost, e notou que a combinação, provavelmente, teve uma influência também. O dinheiro para as sessões de gravação de Bleach, listado como US$ 606,17 no álbum, foi fornecido por Jason Everman. Everman foi posteriormente trazido para a banda como um segundo guitarrista. Embora Everman realmente não tocou no álbum, ele recebeu um crédito em Bleach porque, de acordo com Novoselic, eles "queriam que ele se sentisse mais a vontade na banda". Pouco antes do lançamento do álbum, o Nirvana insistiu em assinar um contrato mais extenso com a gravadora, tornando o grupo a primeira banda a fazer isso com a gravadora.

Após o lançamento de Bleach em junho de 1989, o Nirvana embarcou em sua primeira turnê nacional, o álbum se tornou o preferido das estações de rádio universitárias nacionalmente. Devido ao crescente descontentamento com Everman ao longo da turnê, o Nirvana cancelou as últimas datas e voltou para Washington. Ninguém disse a Everman que ele foi demitido na hora, embora mais tarde Everman afirmar que ele de fato deixou o grupo. Apesar da Sub Pop não promover Bleach tanto quanto os outros lançamentos, ele foi um vendedor estável e obteve vendas iniciais de 40,000 cópias. Contudo, Cobain estava chateado pela ausência da promoção e distribuição do álbum pela gravadora. No final de 1989, a banda gravou o EP Blew com o produtor Steve Fisk.

Em fevereiro de 1993, o Nirvana lançou "Puss"/"Oh, the Guilt", um split single com o The Jesus Lizard, pela gravadora independente Touch & Go. Entretanto, o grupo escolheu Steve Albini, que tinha uma reputação como um principista e opinativo individual na cena da música independente americana, para gravar seu terceiro álbum. Embora tenham havido especulações de que a banda escolheu Albini para gravar o álbum devido às suas credenciais underground, Cobain insistiu que o som de Albini era simplesmente o que ele sempre quis que o Nirvana tivesse: uma gravação "natural" sem camadas de trapaças do estúdio. O Nirvana viajou para o Pachyderm Studio em Cannon Falls, Minnesota, naquele fevereiro para gravar o álbum. As sessões com Albini foram produtivas e notavelmente rápidas, e o álbum foi gravado e mixado em duas semanas com um custo de US$ 25,000.

Várias semanas após o término das sessões de gravação, histórias correram no Chicago Tribune e no Newsweek que citavam fontes alegando que a DGC considerava o álbum "não lançável". Como resultado, os fãs começaram a acreditar que a visão criativa da banda poderia ser comprometida pela sua gravadora. Embora as histórias sobre a DGC arquivar o álbum não fossem verdadeiras, a banda realmente estava descontente com certos aspectos das mixagens de Albini. Especificamente, eles achavam que os níveis do baixo estavam muito baixos, e Cobain sentiu que "Heart-Shaped Box" e "All Apologies" não soavam "perfeitamente". O produtor de longa-data do R.E.M., Scott Litt, foi chamado para ajudar a remixar essas duas canções, com Cobain acrescentando instrumentação adicional e vocais de apoio.

In Utero estreou no 1º lugar na parada de álbuns da Billboard 200 em setembro de 1993. Christopher John Farley da Time, escreveu em sua análise do álbum que: "Apesar do receio de alguns fãs de música alternativa, o Nirvana não se voltou para o mainstream, embora esse novo álbum potente possa novamente forçar o mainstream a vir para o Nirvana."In Utero passou a vender quatro milhões de cópias nos Estados Unidos. Naquele mês de outubro, o Nirvana embarcou em sua primeira turnê nos Estados Unidos em dois anos. Para a turnê, a banda adicionou Pat Smear (pseudônimo adotado por Georg Albert Ruthenberg após assistir uma aula sobre o teste de Papanicolau - também conhecido nos Estados Unidos como “Pap Smear”. “Pap” é a abreviação de “Papanicolau” e “Smear” é “Esfregaço”) da banda de punk rock The Germs como um segundo guitarrista. Em novembro de 1993, o Nirvana gravou uma performance para o programa de televisão MTV Unplugged. Aumentada por Smear e pela celista Lori Goldston, a banda procurou se desviar da típica abordagem do show, optando por não tocar suas canções mais reconhecidas. Em vez disso, o Nirvana tocou diversas covers, e convidou Cris e Curt Kirkwood do Meat Puppets para se juntar ao grupo para tocar três de suas canções.

Foto: AssessoriaNirvana
Nirvana

No início de 1994, a banda embarcou em uma turnê europeia. Em Roma, na manhã de 4 de março, a esposa de Cobain, Courtney Love, encontrou Cobain inconsciente em seu quarto de hotel e ele foi levado às pressas para o hospital. Um médico do hospital disse em uma conferência de imprensa que Cobain tinha reagido a uma combinação prescrita como Rohypnol e álcool. O resto da turnê foi cancelada, inclusive uma prevista para o Reino Unido. Nas semanas seguintes, o vício de Cobain em heroína ressurgiu. Uma intervenção foi organizada, e Cobain foi convencido a admitir-se para a reabilitação de drogas. Após menos de uma semana na reabilitação, Cobain pula o muro da instalação e pega um avião de volta para Seattle. Uma semana depois, na sexta-feira, 8 de abril de 1994, Cobain foi encontrado morto com uma espingarda auto-infligida à cabeça em sua casa em Seattle.