Pai de Mc Kevin se manifesta: ‘Foi uma emboscada

A polícia ainda continua investigando a morte de MC Kevin
Por alexandra teodoro
Foto: ArquivoPai diz que foi emboscada
Pai diz que foi emboscada

Agnaldo Barros, pai de MC Kevin, morto após cair do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro, concedeu uma entrevista na qual afirma ter muitas desconfianças a respeito da morte do funkeiro de 23 anos. “Pra mim foi uma emboscada”, afirmou.

Eu não sei o que aconteceu. Pra mim foi uma emboscada o que aconteceu. O negócio está estranho. Mandei coisas para você no WhatsApp. É muita coisa, a investigação vai ser longa… sou suspeito de falar, mas está na mão de Deus, da polícia. Eles têm que achar alguma coisa, uma câmera. Não consigo engolir esse negócio do meu filho cair de lá de cima”, disse o pai do funkeiro em conversa com o apresentador Luiz Bacci, que soltou o áudio nas redes sociais.

A polícia ainda continua investigando a morte de MC Kevin, que estava em um hotel no Rio de Janeiro, com amigos e a mulher, Deolane, quando caiu da varanda do quinto andar. O MC VK, amigo de Kevin que estava com ele no momento da queda, disse que já prestou depoimento e que está sofrendo ameaças, justamente por ter sido a pessoa presente no momento em que o funkeiro morreu.

Além dele, estava também uma garota de programa, Bianca Dominguez, que também foi levada à delegacia para prestar depoimento sobre o ocorrido.