Luciano Huck se revolta com descaso e divulga CPI contra Bolsonaro

No site para as assinaturas, um texto inicial lamenta as vítimas da Covid-19 desde março doe 2020

Luciano Huck não segurou suas críticas contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas desta vez fez diferente das declarações anteriores. Além do puxão de orelha, o apresentador da Globo compartilhou uma abaixo-assinado para a criação de uma CPI em Brasília.

Foto: TerraCPI
CPI

Com o título de CPI da Pandemia, a ideia é que milhares de assinaturas sejam registradas para que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-RO), não tenha alternativa a não ser criar a Comissão Parlamentar de Inquérito.

“O governante que é contra máscaras, vacinas, promove aglomerações e zomba das vítimas tem responsabilidade direta sobre a tragédia em curso no país”, declarou Luciano Huck no Twitter.

No site para as assinaturas, um texto inicial lamenta as vítimas da Covid-19 desde março do ano passado, quando a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretou a pandemia.

Com o título de CPI da Pandemia, a ideia é que milhares de assinaturas sejam registradas para que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-RO), não tenha alternativa a não ser criar a Comissão Parlamentar de Inquérito.

“O governante que é contra máscaras, vacinas, promove aglomerações e zomba das vítimas tem responsabilidade direta sobre a tragédia em curso no país”, declarou Luciano Huck no Twitter.

No site para as assinaturas, um texto inicial lamenta as vítimas da Covid-19 desde março do ano passado, quando a OMS (Organização Mundial de Saúde) decretou a pandemia.

Sem menção direta ao presidente Jair Bolsonaro ou ao atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, os criadores da CPI da Pandemia afirmaram que os responsáveis pela atual situação “não podem sair impunes”.

“[Eles] Precisam ser investigados e afastados dos cargos que ocupam. O abismo em que nos encontramos é culpa deles”, acusou. Nas últimas 24 horas, o país registrou 2.152 mortes pelo coronavírus. Foi o 3º dia em que o número ultrapassou 2 mil mortes.

“Precisamos urgentemente de pessoas competentes para comandar as políticas de saúde. A vida, a dignidade e o bem estar de todos nós depende disso”, alertou. “Rodrigo Pacheco, abra a CPI da Pandemia. Não deixe a vida de milhares de brasileiros nas mãos de incompetentes”, exigiu.

Foto: ArquivoLuciano Huck se revolta sobre a pandemia
Luciano Huck se revolta sobre a pandemia