Diretor-geral da PF é exonerado; número 2 da Justiça assume

O anúncio foi feito por Anderson Torres no Twitter
Por Terra
Foto: AssessoriaDiretor-geral da PF é exonerado; número 2 da Justiça assume
Diretor-geral da PF é exonerado; número 2 da Justiça assume

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, trocou nesta sexta-feira o diretor-geral da Polícia Federal, com a nomeação do secretário-executivo da Justiça, Márcio Nunes, para o cargo.

O atual diretor-geral, Paulo Maiurino, será o titular da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad). O anúncio foi feito por Torres em sua conta no Twitter, e a portaria com as novas nomeações, publicada em edição extra do Diário Oficial.

Maiurino havia sido nomeado por Torres ao assumir a pasta, em abril do ano passado, no lugar de Rolando de Souza. Nunes será o quarto diretor-geral da Polícia Federal durante o mandato do presidente Jair Bolsonaro.