Capitólio: Corpo de Bombeiros confirma 10 mortos após queda de paredão

Já são 10 mortos nessa tragédia ocorrida em Minas Gerais
Por globo.com
Foto: assessoriaOs mergulhos para buscas foram retomados por volta das 6h desta manhã.
Os mergulhos para buscas foram retomados por volta das 6h desta manhã.

O Corpo de Bombeiros confirma 10 vitimas do deslizamento de um paredão de cânion no lago de Furnas, em Capitólio, Minas Gerais. 

Os mergulhos para buscas foram retomados por volta das 6h desta manhã. Durante a operação, os mergulhadores localizaram um corpo submerso e inteiro. Ele foi levado para a região do Posto de Comando. A Polícia Civil será responsável por fazer a identificação.

A operação tem participação de cerca de 50 militares, com 11 mergulhadores experientes. As buscas contam com o apoio de quatro lanchas e três motos aquáticas, além de outras sete viaturas, conforme balanço da corporação.

Inicialmente, foi informado que havia 20 desaparecidos, mas o número foi revisado para três na noite deste sábado. Isso porque parte das vítimas estava sem contato e foi por conta própria a hospitais da região. Segundo a corporação, 27 pessoas já foram atendidas em unidades de saúde e liberadas.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o momento em que um dos cânions cede e atinge as embarcações. Duas delas, de nome EDL e Jesus, sofreram impacto direto. Delas, foram resgatadas ao todo 24 pessoas com vida. Em outras duas lanchas atingidas indiretamente, foram socorridas no total 18 tripulantes.

Imagens gravadas mostram as embarcações fugindo do local após o desabamento. Nas filmagens, consegue-se ouvir gritos e o desespero das pessoas.

A Marinha comunicou que vai abrir um inquérito para apurar as causas e circunstâncias do acidente. A Polícia Civil também investiga o caso. Inicialmente foi informado que uma tromba d'água provocou a queda de pedras que atingiram lanchas que estavam na região. Antes, a Defesa Civil já havia advertido para a ocorrência de chuvas intensas.