Após Rodeio de Jaguariúna, influencer denuncia estupro: “Ninguém ajudou”

Franciane Andrade, de 23 anos, também afirma ter sido dopada
Por poop line
Foto: ArquivoFranciane no rodeio
Franciane no rodeio

No final de novembro, nos dia 26 e 27, aconteceu o Rodeio de Jaguariúna, no interior de São Paulo. O evento foi uma verdadeira festa e contou com shows de Gusttavo Lima, Zé Vaqueiro, João Gomes e muito mais. No entanto, a influencer Franciane Andrade revelou que foi dopada e estuprada no evento.

Na última terça-feira (30), Franciane desabafou com os seus mais de 130 mil seguidores no Instagram sobre o que tinha ocorrido no rodeio. Na segunda-feira (29), a estudante começou a sentir dores muito fortes e resolveu ir ao hospital. Foi quando descobriu que tinha sido violentada.

“Não sei como contar isso aqui… Acabei de correr atrás de B.O., fui no IML em Mogi Guaçu, fiz um exame, a polícia constatou que houve estupro e não sabe me dizer se foi um, dois ou três [homens]”, contou Franciane.

A jovem disse que estava com os amigos na festa, mas não se lembra de tudo o que aconteceu. Aos policiais, contou que acordou em uma rotatória próximo ao local do evento. Ela também compartilhou o story de uma amiga que afirmava que algo havia sido colocado no copo da influencer.

“Não sei o que fazer, eu tenho que falar para os meus pais que fui estuprada. Que dor estou sentindo… inconsciente, sem ver quem era. Peço muito a ajuda de vocês, muito mesmo, Jaguariúna tem que se responsabilizar por isso. Paguei um dos camarotes mais caros para ter mais segurança e ninguém me ajudou. Nenhum segurança me ajudou, ninguém”, disse Franciane, enquanto chorava muito.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) disse que o caso foi registrado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Mogi Guaçu (SP) e encaminhado para a Delegacia de Jaguariúna, onde será investigado.

A organização do Rodeio comunicou, em nota, que entrou em contato com Franciane para prestar todo o tipo de ajuda e suporte necessários – inclusive na investigação.

“Sem prejuízo do integral suporte à eles, a organização do Jaguariúna Rodeo Festival também está à disposição das autoridades para colaborar com a investigação do ocorrido. A propósito, já estão sendo analisadas as imagens e vídeos das diversas câmeras de segurança do festival”, diz o texto.